#29 - O Chavismo e os impasses da Venezuela bolivariana

07/10/2021

No ano de 1998, foi eleito na Venezuela o presidente Hugo Rafael Chávez Frías, mais conhecido como Hugo Chávez. Com uma linha de pensamento mais à esquerda, Chávez foi oficial militar de carreira, fundador do Movimento Quinta República e também participou do plano mal sucedido de golpe de estado a Carlos Pérez, que presidia o país em 1992.


Eleito, Chávez centrou seu governo em alguns pontos como: combate à pobreza, fortalecimento de movimentos e organizações populares e se aliou às classes mais pobres. Ao mesmo tempo, seus críticos o identificavam como um líder demagogo e autoritário, responsável pelo aparelhamento de instituições do Estado, desobediência ao resultado de referendos, ataques à imprensa e denúncias de corrupção. No plano externo, teve uma política anti-imperialista e antiamericana, propondo a união dos países latino-americanos e a cooperação entre as nações mais pobres do mundo. Protagonizou a criação da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL) e a Alternativa Bolivariana para as Américas (ALBA).


Chávez governou de 1999 até 2013, ano de sua morte. Um governo que gerou alianças e críticas, sendo constantemente acusado de autoritarismo. Nos últimos anos, sob o governo de Nicolás Maduro, a Venezuela vem enfrentando o aprofundamento de uma crise econômica e social que levou ao aumento exponencial da pobreza em sua população e à imigração em massa de seus cidadãos para países como o Brasil. Mas, em qual contexto histórico Hugo Chávez foi eleito? Como entender todos esses anos de governo chavista? O que foi o bolivarianismo? É possível comparar os governos de Chávez na Venezuela ao governo do Lula no Brasil?


Para responder essas e outras questões, conversamos com Rafael Araújo, doutor em História pela UFRJ e professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).


O episódio já está disponível nas principais plataformas de podcast e também em nosso canal no YouTube. Esperamos que gostem do programa e deixem suas opiniões, sugestões e críticas! Também não esqueçam de nos seguir em nossas redes sociais.


Dicas e links


Documentário "Era uma vez na Venezuela", de Anabel Rodríguez (2020)

Livro "Dona Bárbara", de Rômulo Gallegos (1929)

Livro "A Revolução Venezuelana", de Gilberto Maringoni (2009)

Livro "Estado e democracia nos tempos de Hugo Chávez (1998-2013)", de Mariana Bruce (2016)

Documentário "A Revolução não será televisionada", de Kim Bartley e Donnacha Ó Briain (2003)

Filme "O Libertador", de Alberto Arvelo (2013)

Série "El Comandante", de Moisés Naím (2017)


Conheça nosso entrevistado

Rafael é Professor Adjunto de História da América da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Doutor em História pelo PPGHC/UFRJ (2013). Participa como historiador convidado do projeto "1914-1918-online. International Encyclopedia of the First World War" organizado pela Freie Universität e pelo Friedrich-Meinecke-Institut. É pesquisador associado ao Laboratório de Estudos da Imigração (LABIMI)/UERJ, ao Grupo de Estudos do Tempo Presente (GET) da UFS e ao Grupo de Pesquisa Estudos de História do Tempo Presente da PUC/RS.

Tem experiência nas áreas de História da América e História Contemporânea. É membro dos comitês editoriais das Revistas Boletim do Tempo Presente (UPE) e Boletim Historiar (UFS).