#12 - A História da América na sala de aula

06/03/2021

No Brasil, de maneira geral, as pessoas pouco sabem sobre a História das Américas. Na maior parte das vezes, aliás, as noções que perpassam o senso comum sobre os demais países do nosso continente estão repletas de estereótipos, preconceitos e juízos de valor.

Embora a pesquisa e o ensino de História das Américas tenham avançado e se consolidado de maneira significativa no Ensino Superior nos últimos quarenta anos, a temática ainda é vista, muitas vezes, como secundária no Ensino Básico.

Alguns tópicos, em especial por suas relações e aproximações com a História do Brasil, como as colonizações europeias, as independências, os "populismos" e as ditaduras militares, estão presentes, mesmo que de maneira muitas vezes discreta, nos currículos escolares. Ainda assim, não é possível afirmar que a História das Américas tenha deixado de ocupar uma posição de coadjuvante nos Ensinos Fundamental e Médio, nos materiais didáticos voltados a esse público e nos processos seletivos para ingresso no Ensino Superior.

Dessa forma, é importante nos perguntarmos: qual a importância de se estudar a História das Américas no Ensino Básico?

Desse questionamento central, derivam outros também essenciais: qual o peso desses conteúdos nos livros didáticos de Ensino Básico no Brasil atual? De que forma esses temas aparecem nos vestibulares e no ENEM? Como se deu a discussão sobre a incorporação dessas temáticas nas recentes discussões sobre a Base Nacional Curricular Comum (BNCC) dos Ensinos Fundamental e Médio? Como o passado do continente americano tem sido abordado em sala de aula? E, por fim, que caminhos o professor pode trilhar para a construção de uma visão mais arejada sobre a História das Américas com seus alunos?

Para discutir essas e outras questões, convidamos para a entrevista os professores José Alves de Freitas Neto, professor de História da América e diretor da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest), e Marcus Vinícius de Morais, pesquisador de História das Américas e professor de cursinhos pré-vestibular.

Esperamos que aproveitem a entrevista e nos sigam em nossas redes sociais.


Dicas do programa Hora Americana e links

Site: GT de ensino de História da ANPHLAC

Conheça nossos entrevistados

José Alves de Freitas Neto é professor de História da América, diretor executivo da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp, autor de livros didáticos e membro da equipe de redatores da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Marcus Vinicius de Morais é professor de História do Ensino Médio e cursinhos pré-vestibulares e doutorando em História da América pela Unicamp